Proposta Pedagógica & Sistema de Ensino Dom Bosco

Proposta Pedagógica
O Projeto Pedagógico do Colégio Dom Bosco Limão tem como base uma visão de educação sociointeracionista, que entende a criança e o adolescente como seres em desenvolvimento, os quais, por meio de atividades, interagem com o meio (pessoas e instrumentos) e vão, gradativamente, ampliando suas experiências e participando da construção de seu conhecimento.

Se a atividade da criança é um dos principais elementos constitutivos da construção do seu conhecimento, propomos uma educação fundamentada nesta atividade, partindo de situações que promovam atividades mais concretas e próximas da criança, para gradativamente passarmos para um nível um pouco mais abstrato e sistemático de organização, buscando desenvolver ao máximo as potencialidades do educando.

É na interação social e na utilização de instrumentos mediadores que a criança entrará em contato com a aprendizagem desde a mais tenra idade.

As descobertas e as experiências individuais e coletivas são valorizadas por meio de jogos, brincadeiras e atividades envolventes, que estimulam o ato de pensar. Dessa maneira, o professor introduz os conteúdos de forma dinâmica e agradável e os alunos participam ativa e reflexivamente, desenvolvendo-se como indivíduos críticos, capazes de solucionar racionalmente os problemas e de transformar a sua realidade, promovendo o desenvolvimento da postura crítica, participativa e dialogada.

Princípios Filosóficos:

  1. A criança tem maneiras de ser, cuja especificidade é preciso conhecer, pois não temos diante nós a miniatura de um adulto, e não podemos querer, de imediato, substituí-las (as maneiras) pelas nossas;

  2. Considerando, ainda, que a criança é um ser completo e indivisível, a sua educação deve desenvolver-se na perfeita integração entre os aspectos físicos, cognitivos, emocionais e sociais;

  3. A busca de um referencial para um trabalho significativo, que respondesse a esses questionamentos sobre a criança que aprende, deu origem à proposta da Escola, que é embasada em uma perspectiva sociointeracionista, com uma concepção construída nos fundamentos da teoria psicogenética;

  4. Esses princípios e as características do pensamento infantil influenciaram no desenvolvimento do processo de aprender nesta fase de escolaridade, priorizando uma ação educativa organizada de forma que as crianças desenvolvam plenamente as suas capacidades de: observar, fazer, explorar, comunicar-se, ler, escrever e pensar de forma significativa;
  5. A dinamização está no trabalhar significativamente a linguagem, a memória, a abstração, a generalidade, a atenção, a percepção, enfim, todas as habilidades que possam desencadear o processo de aquisição da capacidade de pensar;

  6. O processo de aprender deve acontecer de forma relacional, ampla e significativa, tendo como referência o conhecimento que a criança já detém, resultante das inúmeras aquisições feitas no seu ambiente;

  7. A Escola tem uma função pedagógica voltada para o trabalho com o conhecimento, sendo o professor o mediador entre a criança e a realidade teório-prática do seu tempo;

  8. Nossa prática pedagógica será organizada a partir do brincar e de diferentes linguagens: gestos, fala, desenhos, escrita e jogos, além de uma ação interdisciplinar.

Nossa proposta pedagógica deriva dos princípios filosóficos e educacionais que direcionam a ação educacional e que definem os pressupostos teóricos e metodológicos, a relação de conteúdos básicos, a avaliação de cada área do conhecimento para cada série e fase, atendendo às diretrizes pedagógicas definidas pelos órgãos oficiais competentes.

São referenciais teóricos da proposta pedagógica do Colégio Dom Bosco Limão os seguintes autores: Jean Piaget, Vygotski, Howard Gardner, Paulo Freire e Pedro Demo, todos unânimes no resgate do homem para a vida cidadã.

Esses referenciais pertencem ao currículo formal do colégio, ou seja, embasam os planos e propostas pedagógicas elaboradas pelo corpo docente e pela equipe administrativo-pedagógica.